RMG – Renda Mínima Garantida FIIs FIIs

A ignorância é uma bênção

A ignorância é uma bênção. Não sei se alguém já cunhou essa frase antes, mas cada vez mais consigo perceber o quão verossímil ela é.
Não me refiro a ignorância bruta, à forma humana agressiva e violenta, de tratar das coisas sem conhecimento. A ignorância de não saber o que aconteceu com o computador e tentar consertar através de golpes na máquina. A ignorância de um homem que é incapaz de compreender a liberdade e a independência de uma mulher e com isso, parte para agressões, como maneira de justificar a posição superior que supõe estar.
Falo de uma ignorância intelectual. De uma falta de interesse sobre o mundo. Até mesmo de uma falta de ambição. Uma despreocupação com o futuro, com o que se passa em Brasília, com qualquer outra coisa que não seja o agora. Grande parte da população brasileira (quiçá latino-americana) se encontra nesse âmbito da ignorância.
Essas pessoas não possuem grandes metas de vida. Normalmente, no caso masculino, a grande preocupação, o grande sonho, é possuir um carro. Não precisa ser um carro completo, não tem problema pagar 72 prestações de R$500,00. O importante é ter um carro para chamar de seu, que possa usar nos fins de semana, ou quando quiser “dar uma banda”, como se diz por esses rincões gauchescos.
Até mesmo o carro pode ser algo simples. Afinal, o Gol caixa de 1992 é estiloso. Esses homens, que denomino aqui como ignorantes (e veja bem, não me cancele antes de entender o significado e a razão pela qual uso dessa nomenclatura!) almejam, simplesmente, um carro. Trabalham suas oito horas por dia em fábricas, lojas, mecânicas, eventualmente escritórios, com seu salário em torno de R$1.700,00 por mês. Não precisam de mais do que isso. É o suficiente para pagar as prestações do financiamento, os boletos de água, luz, internet e da TV a cabo que não usa. Até consegue fazer sobrar um dinheiro para sair beber uma cerveja com os amigos no fim de semana, ou ir em uma “baladinha pegá as mina”. Ou para tornar esse texto mais próximo da minha realidade geográfica, “pra pegá muié”.
Qual é a meta desses homens, após conseguir seu carro? Investir em uma educação, para poder ter um emprego melhor e que lhe seja mais aprazível? Preparar-se para viajar para lugares diferentes do mundo? Abrir um empreendimento? Não. O homem ignorante não tem ambição, não tem a capacidade de planejar. Para ele, alcançado o seu sonho de ter um carro com 24 anos de idade, é hora de seguir com a vida.
Muitos passam mais alguns anos usando o salário para fazer investimentos. Mas não em ações, negócios ou educação. Investimento no carro. Rodas, som, estofamento de couro, qualquer coisa é suficiente para que o homem ignorante queira usar seu suado dinheiro para fazer seu Kadett 1988 ficar mais atraente, mais potente, mais bonito. Outros homens, porém, não sentem tanta atração assim pelo seu carro. Que fazem então com seu salário? Usam com sua namorada.
A namorada. A mulher. Todo homem ignorante quer ter uma companheira. Não significa que ele seja fiel a ela, ou que ele a ame de verdade. O mesmo talvez seja verdade para com a mulher. O homem ignorante quer uma mulher porque para ele, somente assim ele poderá ter uma família. Mas que tipo de mulher iria se interessar por esse tipo de homem?
A resposta é muito simples. A mulher ignorante. Assim como sua contraparte masculina, ela também não tem ambição, não tem metas, não tem planos. Findo o Ensino Médio, com sua gloriosa festa de formatura, momento mais alto de sua vida, onde está embebida do carinho (nem sempre verdadeiro) de suas amigas. Onde recebe elogios pelo simples fato de respirar. Onde sente que alcançou uma conquista deveras relevante – e que talvez realmente o seja, se considerarmos o contexto da mulher ignorante.
Após esse apogeu da sua juventude, a mulher ignorante segue o mesmo caminho do homem ignorante. Algum trabalho simples, com pouco esforço intelectual, em lojas, supermercados, eventualmente como secretárias ou recepcionistas. Ninguém quer lhe oferecer uma função melhor. Ela não quer uma função melhor.
Qual o sonho dessa mulher ignorante? Ao contrário do homem, não é algo que se materializa em um carro. É algo maior: uma família. Em cidades interioranas, a forte presença de ideários machistas ainda faz as mulheres sonharem em ter um casal de filhos e um marido, em um casamento onde dificilmente haverá amor. Mais justo dizer que há uma obrigação nesse casório. Não querem ter suas vidas, seus sonhos, seus projetos. Querem apenas um lar para cuidar.
É nesse momento que os dois ignorantes se encontram e assim, dão início a sua longeva vida como casal. Talvez se conheçam em uma festa genérica. Talvez se conheçam nas redes sociais, com uma conversa genérica. Talvez sejam apresentados por amigos em comum, também genéricos. Independente de tudo, os ignorantes se encontram e começam sua vida ignorante de maneira conjunta.
Aos poucos os filhos nascem. Normalmente os ignorantes querem um casal de crianças, para que o guri seja educado pelo pai e a guria pela mãe. Assim como seus progenitores, esses pequenos também serão ignorantes, também herdarão essa falta de ambição, de visão, de planejamento.
Mas não vamos nos adiantar. Antes, vamos analisar o casal ignorante. Muitas vezes as amarras machistas se mantem nesses casais, onde a mulher assume o papel de dona-de-casa, como isso função natural feminina. Mas existem casos – muito mais movidos pela necessidade material – onde ambos trabalham. De qualquer forma, a rotina da família é sempre a mesma. As crianças estudam, pai e mãe trabalham. Às vezes há a visita de familiares, primos e tios igualmente ignorantes. As férias, no máximo, consistem em viajar para uma praia. E durante todo o tempo, a família ignorante vai para a mesma praia e faz a mesma coisa. Sentam-se na areia olhando para o nada, bebendo cerveja e mexendo no celular. As crianças, como lhes é próprio da infância, aproveitam para brincar no mar. A imaginação faz com que qualquer grão de areia possa ser único e divertido à sua maneira.
Mas as crianças viram adolescentes. Adolescentes ignorantes. Não há um interesse em estudar, a maior preocupação são as fofocas dos amigos (e dos inimigos) e dar uns beijos, eventualmente. Pai e mãe não fazem essa cobrança dos estudos. Afinal, única coisa que importa é passar de ano. Para que exatamente, não se sabe, mas é importante.
Durante toda essa existência familiar, esse homem, essa mulher e essas crianças ignorantes não almejam nada que esteja fora do alcance. Talvez não saibam da possibilidade disso. São facilmente maleáveis pelos fluxos constantes da sociedade, em suas vertentes sociais e políticas. O pai não entende nada de economia, mas sempre dá sua opinião infundamentada sobre alguma coisa. Normalmente leva em conta o que alguém lhe disse em uma mesa de bar. A mãe, se quer se preocupa com esses assuntos. À mulher ignorante lhe interessa apenas a fofoca, a intriga, os assuntos mundanos próximos da sua realidade. O arroz está caro? Que pena, mas sabia que a tia da Neusa, que era casada com o Robson, agora se casou pela terceira vez, dessa vez com um paranaense?
E os adolescentes ignorantes? São esponjas de ondas políticas e sociais, nem sempre com boas intenções. Quantos por aí sequer abriram um livro na vida? Não possuem nenhum senso de cultura a não ser aquilo que a massa consome. Tom Jobim? Legião Urbana? Djavan? O que lhes interessa é o MC alguma coisa, a dupla sertaneja de nomes genéricos, no máximo alguma cantora pop de renome internacional, como uma Anitta.
Ainda assim, essas pessoas são felizes. A maior preocupação é o entretenimento. O homem ignorante só quer sair nos fins de semana com seus amigos beber cerveja, comer carne e assistir ao jogo de futebol. Mesmo depois de casado, sua maior preocupação continua sendo o futebol e uma eventual bebedeira com seus amigos. A mulher ignorante, mais limitada ainda, só se preocupa com a vida dos outros. Nada lhe deixa mais feliz do que se reunir com suas amigas para conversar sobre a vida das vizinhas. Não há satisfação maior na vida.
E aqui venho novamente dizer que a ignorância é uma bênção. Por quê?, talvez você me pergunte. Afinal, após toda essa crítica a esse lifestyle dos ignorantes, como posso afirmar que isso é uma bênção?
Certa manhã, estava eu, estudando, como tenho feito nos últimos meses. Após estudar o que havia planejado, decido ouvir um pouco de música. Minha criação não foi a mesma de uma pessoa ignorante. Desde criança, minha mãe sempre me incentivou a estudar. Quando eu tinha cinco anos, ela me comprou uma Revista Recreio. A partir daí, desenvolvi um grande interesse pela leitura, pelo conhecimento. Paleontologia, arqueologia, história, até mesmo a criação geológica do planeta, tudo isso me fascinava e me instigava a ir atrás de explicações, de respostas.
Mas estou divagando. Voltemos à música. Meu gosto musical, não sei como foi desenvolvido, mas é um tanto, digamos exótico. Sou um grande aficionado por estilos musicais que não são muito ouvidos pelos rincões do Rio Grande do Sul, onde vivi minha adolescência e meus primeiros anos como adulto. Tango, salsa, jazz, blues, bossa nova, só para mencionar alguns. É claro, não quero dizer que sou um erudito, até porque também gosto de ouvir estilos musicais mais populares.
O ponto que quero tratar aqui, é que nessa manhã, após os estudos, decido ouvir um tango, enquanto me arrumava para sair. A elegância e a qualidade musical me deixaram estupefato de maneira única e logo comecei a refletir sobre meu futuro e como adoraria, em alguns anos, visitar novamente Buenos Aires.
Logo que penso nisso, vejo o que tenho feito da minha vida. Quantas preocupações, ânsias, tormentos não tenho passado por conta do futuro? Em pensar se terei sucesso no que almejo? Não pretendo compartilhar meus sonhos, mas com certeza é algo muito mais grandioso (é claro que é relativo, mas me refiro no sentido de esforço) do que um simples carro.
Pensar em quanto eu e tantos outros, que estão fora dessa categoria de ignorantes, se preocupam com essas questões, me deixou reflexivo. Basta ver a quantidade de pessoas ansiosas no Brasil. Ansiosas por esses mesmos temores: será que terei sucesso? Será que conquistarei o que almejo? Será que vai dar tudo certo? Preocupações essas que os ignorantes não possuem. Afinal, a cerveja da sexta-feira é garantida.
É claro, os ignorantes ainda se preocupam em quem sabe perder o emprego. Mas normalmente, seus trabalhos não requerem muito esforço. Os ignorantes só querem receber o salário, sem se preocupar em buscar uma posição melhor, uma renda melhor.
Com isso concluo que a ignorância é uma bênção. A ignorância lhe permite ter uma vida feliz. Uma vida simples, sem variar muito, mas sem dúvida feliz. Uma vida protegida das hostilidades do mundo, uma vida abençoada, pela ignorância. Através desse véu que ilude e que engana, os ignorantes são satisfeitos.¹
¹É claro que existem inúmeras questões sociais em torno do que compõe os ignorantes. Educação fraca, ausência de ações sociais, pobreza, enfim. Mas o propósito desse devaneio, não é questionar esses problemas, ou sequer apontar as consequências dessa ignorância intelectual. É refletir sobre como a vida é simples para aqueles sem conhecimento. Se você considera como boa, ou ruim, depende de você.
submitted by TezCalipoca to desabafos [link] [comments]

O que você faria se tivesse 18 anos, R$2500 e sem renda?

Tenho 18 anos, sem renda e aproximadamente R$2500 em papel-moeda para investir ou fazer alguma coisa(ou não)! Vou fazer ciências econômicas em uma universidade publica, mas como minha faculdade foi adiada para possível começo no ano que vem por conta da pandemia... Meu pai me recomendou abrir e colocar na poupança da caixa, mas não sei se realmente é vantajoso, ele também me recomendou pesquisar sobre contas universitárias, mas como eu ainda nem sequer sou estudante universitário ainda, talvez algumas vantagens irão acabar antes de eu começar até o meu estagio... O que vocês fariam se estivessem na minha posição?


tldr; O que vc faria se tivessem 18 anos com uns R$2500, sem renda e com faculdade publica de ciências econômicas garantida para possivelmente começar no inicio do ano que vem?
submitted by Belezaman to investimentos [link] [comments]

Curso Confeiteira de Sucessos Vale A Pena? É Bom?

Curso Confeiteira de Sucessos Vale A Pena? É Bom?

Curso Confeiteira de Sucessos Vale A Pena É Bom
Sim! Vale muito a pena! O Curso Confeiteira de Sucessos é um curso profissionalizante no formato de e-book digital, além de vídeo aulas semanais. Ele tem ajudado milhares de pessoas a conseguir a independência financeira ao adquirir uma profissão e empreender um negócio próprio!
Muitas pessoas que antes estavam desempregadas, ou tinham renda inferior as suas despesas, hoje conseguem obter lucros compatíveis com suas necessidades, além de ter mais tempo livre, e com isso, por trabalharem em casa, estão sempre perto de suas famílias.
Curso perfeito para quem deseja iniciar um negócio próprio no ramo de confeitaria ou para quem já trabalha na área e está em busca de mais especialização.

O Que Você Vai Aprender Com O Confeiteira de Sucessos?

  • FAÇA MASSAS EXCLUSIVAS;
  • APRENDA COMO CONQUISTAR CLIENTES;
  • SAIBA CALCULAR O VALOR IDEAL PELOS SEUS PRODUTOS;
  • COMO INICIAR SEU NEGÓCIO;
  • CARDÁPIO COM MAIS DE 200 RECEITAS;
  • APRENDA A FAZER EMBALAGENS QUE VENDEM;
  • O PONTO CERTO DOS RECHEIOS;
  • CONHEÇA OS MATERIAIS ESSENCIAIS.
  • QUAL O VALOR CORRETO A COBRAR PELOS SEUS PRODUTOS;
Além de aprender as receitas, com o e-book em pdf confeiteira de sucessos, você também aprenderá a como montar sua confeitaria e vender seus produtos na sua região ou mesmo pela internet, através das redes sociais!
Um dos materiais mais importante se você está pensando em começar o seu próprio negócio e quer aprender como montar uma confeitaria, do zero total! Então hoje é o seu dia de sorte! É um conteúdo muito bacana e detalhado sobre o assunto.
O ramo de confeitaria tem proporcionado a diversas pessoas obter uma boa renda mensal, inclusive há pessoas que acreditavam que conseguiriam fazer apenas renda extra, mas na verdade fazem a renda principal de suas vidas, sem ter mais que procurar emprego!
O curso também é composto por aulas novas semanais onde o aluno aprende diversas técnicas como: recheios diversos, como fazer blindagem, coberturas perfeitas, como fazer quinas, além de tutoriais, decoração de bolos, dicas e tendências de bolos.

Confeiteira de Sucessos Funciona

Confeiteira de Sucessos Vale a Pena e Você Ainda Terá Mais!

Você ainda receberá 7 bônus incríveis ao adquirir o bom curso confeiteira de sucessos, além de participar de grupo de alunos no facebook e um certificado de conclusão.
No grupo você poderá aprender mais com alunas antigas, assim como compartilhar receitas, suas conquistas e ainda acompanhar conteúdos exclusivos de tempos em tempos pelos administradores! Você também poderá ser um administradoadministradora!
Os bônus também são no formato de e-books e são os seguintes:
  • CONES TRUFADOS;
  • INICIANDO NA COZINHA;
  • DOCES FINOS;
  • PLANILHAS PARA AUXILIAR NAS VENDAS;
  • GRUPO VIP DO WHATSAPP;
  • BOLO NO POTE;
  • COMO CRIAR SUA MARCA;
  • COM DIVULGAR SEU NEGÓCIO;
  • SUPORTE E INTERAÇÃO;
  • CERTIFICADO DE CONCLUSÃO.
Todos os alunos do curso confeiteira de sucessos também receberão um certificado de conclusão, que com toda certeza irá agregar mais valor a sua carreira profissional.
Compra Segura
A monetizze LTDA é a empresa pela qual você fará sua compra. Trata-se da segunda maior empresa de marketing digital da América latina. A empresa possui certificado SSL, o que garante a blindagem do site.
Ao acessar o site e realizar a compra, seus dados serão criptografados, ou seja, serão escondidos! Você poderá comprar com cartão de crédito ou imprimir um boleto bancário.
Comprando no cartão de credito, você recebe na hora, pois se trata de um produto no formato digital.
Se comprar no boleto, poderá receber em até três dias úteis.
Você acessará o e-book de onde quiser e onde estiver logo após fazer o download. Lembrando que você não pagará por mais nada além do preço do e-book, R$ 47,00 reais.
Para comprar basta clicar em qualquer um dos botões desse site e ir direto para página de pagamento, preencher os dados e escolher uma forma de pagamento.
Um e-mail com um link para você fazer download do PDF confeiteira de sucessos no seu computador, tablet ou celular, Será enviado. Você poderá acessá-lo a qualquer momento e onde quiser.

Confeiteira de Sucessos PDF É Bom
Satisfação Garantida!
Em até 7 (SETE) DIAS, A CONTAR DA DATA DA COMPRA, você poderá pedir seu dinheiro de volta, caso não fique satisfeito com o curso ou ache que ele não é para você. A devolução será feita de maneira incondicional, desde que seja feita dentro do prazo mencionado.

Por Que Devo Fazer Minha Inscrição No Confeiteira de Sucessos?


Se você está desempregada/desempregado há um bom tempo e tem alguma afinidade com culinária, este é um bom investimento para você! A confeitaria é um ramo lucrativo, desde que trabalhado com seriedade!
Como qualquer outro tipo de empreendimento, além de proporcionar proteção ao desemprego, também irá proporcionar a você mais liberdade no que diz respeito ao fato de poder está mais tempo perto de sua família.
Um negócio bem montado e, principalmente, trabalhado a sério é a melhor opção para quem busca liberdade de tempo, familiar e como não poderia deixar de ser, financeira!
O curso confeiteira de sucessos é bom e tem um baixo investimento para um tipo de negócio que, como já explicado, pode gerar um bom retorno, pois existem pessoa que ganham até R$ 7.000,00 reais por mês.
O curso tem um preço incrível e pode ser pago à vista, com boleto bancário, ou ainda parcelado no cartão de crédito em até seis vezes sem juros!
Você terá suporte 24 horas e fará parte de um grupo de alunos no facebook, onde terá alunos novos, mas também, alunos mais experientes, com quem você também poderá aprender.
Aproveita essa grande oportunidade e faça com várias pessoas que já adquiriram o curso. Conquiste uma profissão e monte um negócio lucrativo que lhe proporcione independência financeira, liberdade pessoal e proteção contra o desemprego.
Para mais informação clique no link abaixo!
https://sites.google.com/view/cozinhaprofissional/confeiteira-de-sucessos
submitted by Orpheu2000 to u/Orpheu2000 [link] [comments]

Quando a vida bifurca

Obs 1: Bom acho que será longo.
Obs 2: Está mais para ajuda do que desabafo.
Obs 3: a conta é throwaway
Obs 4: fiz faculdade por fazer
Em curtas palavras: cheguei no momento em que a estrada (profissional) que me trouxe até aqui, dolorosa como só, não me serve mais. Ela me dá duas opções mais claras, mas eu não sei o que eu quero. Eu não sei quem eu sou, ou o que me fará feliz.
Passei a pouco dos meus 30 (sim, tem um pouco de crise dos 30 aqui), trabalho para um dos gigantes do brasil, tipo de empresa gigante, que te dá muito mais trabalho do que deveria, só se importa com lucro e etc...E há alguns anos já não me sinto bem lá, não gosto do trabalho, to cansada da cobrança em excesso todos os dias, etc...
Aí eu me formei. Depois eu aprovei na OAB (sou formada em direito).
Ai aparece a opção 1: Advogar
Mas não consigo saber se o que me fará feliz é advogar. Eu nunca advoguei, nunca estagiei, realmente eu não tenho como saber isso. Acho que advogar é difícil, acho que eu vou apanhar demais, da vida, pela falta de experiencia, dos colegas, do promotor, do juiz, dos clientes, se eu tomo esse caminho. Ai vem a questão de qual ramo do direito escolher (são uns 500). Por mais lindo que seja advogar, acho que é difícil. Mas eu sou bastante competente e inteligente, ouvi isso minha vida toda, não deve ser por nada. Advogar traz a promessa de retornos maiores que a segunda opção, mas ao mesmo tempo, nada garantidos. Horários com maior flexibilidade também precisam estar aqui. Sendo sincera, não saberia nem por onde começar. Ia requerer um curso de capacitação prática. Mas e aonde arrumar clientes? Como cobrar? Ok, o tempo pode me ensinar todas essas coisas. mas a insegurança e o medo da miséria batem forte a porta.
Opção 2: Concurso público. Queridinho do Brasil. Aqui tem um caminho árduo e suado. Estudar pra concurso (eu venho fazendo isso há 1 ano mais ou menos) é extremamente difícil. Sozinha na sala, lendo a mesma letra fria de lei, ou uma das 5mil que podem cair, pela primeira vez.
As vantagens clara você sabe, estabilidade, renda garantida, menor cobrança (teoricamente) e etc. Complicado que eu não sei dizer se isso vai me fazer feliz. Se eu não me torno uma velha amargurada, trabalhando 8h por dia, cheia de má vontade no coração, contando os dias para me aposentar e ai sim "ser feliz". Como se a vida toda até lá fosse um sacrifício, em troca de uma salvação. Mas ponto é que concurso parece que vai me limitar demais, alguns dizem, "concurso fecha a porta da pobreza mas também a da riqueza." E minha família entoa isso como um mantra (maior parte de autônomos/empresários).
Ponto é que eu cansei. Estou de férias e neste domingo chorei por ter que retornar ao trabalho, mesmo só voltando dia 22. Complicado que isso aconteceu no meu primeiro trabalho (5 anos nos dois) e eu e minha família ficamos achando que isso seja culpa minha. Que chega uma hora que eu imaturamente "enjoo" do trabalho e fico com raiva e não quero mais. Minha mãe me disse isso com todas as palavras ontem, mas eu também penso isso. Será que o problema sou eu?
Consegui montar uma reserva, pra uns 2 anos sem trabalhar. Isso sem investir em nada, digo montar uma sala e etc.
Sei que eu preciso mudar. aonde trabalho não tenho perspectiva de ganhar bem (digo 7, 8, 9, 10 mil/mes), o regime de trabalho é doentio, excessivo, tipica empresa que adoece as pessoas e acho que eu to sim um pouco afetada.
Como que você decidiu o que fazer com a sua vida? Me parece que a maioria das pessoas simplesmente vai vivendo e vendo, e minha necessidade de controle anula isso totalmente. Além de ter os que parecem que nasceram sabendo, passam a faculdade, a escola toda já destinados.
A partir daqui, são informações complementares, eu acredito
Me falta muita coragem. Toda minha vida faltou. Relacionamentos, dirigir, esportes etc. Em relação a dinheiro é um pouco pior ainda. Ver meu pai sempre reclamando, "que nunca ia chegar" e etc acho que me afetaram e me deixaram mais medrosa ainda.
Eu sei que preciso mudar. Mas quando não se sabe para que porto se vai, nenhum vento é favorável.
Se você leu até aqui ou não, de qualquer forma, grata.
submitted by tawnie60 to desabafos [link] [comments]

Da quarentena ao Grande Reinício

Por: Antony Mueller
A quarentena na sequência da pandemia de coronavírus acelerou a implementação de planos de longo prazo para estabelecer a chamada nova ordem mundial. Sob os auspícios do Fórum Econômico Mundial (WEF), os formuladores de políticas globais estão advogando por um “Grande Reinício” com a intenção de criar uma tecnocracia global. Não é por acaso que, em 18 de outubro de 2019, na cidade de Nova York, o WEF participou do “Evento 201” no exercício de pandemia de “alto nível” organizado pelo John Hopkins Center for Health Security.
Essa tecnocracia iminente envolve uma estreita cooperação entre os chefes da indústria digital e os governos. Com programas como renda mínima garantida e assistência médica para todos, o novo tipo de governança combina controle estrito da sociedade com a promessa de justiça social abrangente.
A verdade, no entanto, é que essa nova ordem mundial de tirania digital vem com um sistema abrangente de crédito social. A República Popular da China é pioneira neste método de vigilância e controle de indivíduos, corporações e entidades sociopolíticas.
Para o indivíduo, a identidade é reduzida a um aplicativo ou chip que registra praticamente todas as atividades pessoais. Para obter alguns direitos individuais, e apenas para viajar para um determinado local, uma pessoa deve equilibrar esses privilégios aparentes com a submissão a uma rede de regulamentos que define em detalhes o que é “bom comportamento” e considerado benéfico para a humanidade e o meio ambiente. Por exemplo, durante uma pandemia, esse tipo de controle se estenderia da obrigação de usar uma máscara e praticar o distanciamento social até a vacinação específica para se candidatar a um emprego ou viajar.
É, em suma, um tipo de engenharia social que é o oposto de uma ordem espontânea ou de desenvolvimento. Como o engenheiro mecânico com uma máquina, o engenheiro social – ou tecnocrata – trata a sociedade como um objeto. Diferente das brutais supressões do totalitarismo de épocas anteriores, o engenheiro social moderno tentará fazer a máquina social funcionar por conta própria, de acordo com o design. Para esse propósito, o engenheiro social deve aplicar as leis da sociedade da mesma maneira que o engenheiro mecânico segue as leis da natureza. A teoria comportamental atingiu um estágio de conhecimento que possibilita os sonhos da engenharia social. As maquinações da engenharia social operam não pela força bruta, mas sutilmente por incentivos.
Sob a ordem prevista pelo Grande Reinício, o avanço da tecnologia não visa servir à melhoria das condições das pessoas, mas submeter o indivíduo à tirania de um estado tecnocrático. “Os especialistas sabem melhor” é a justificativa.
A Agenda
O plano para uma revisão geral do mundo é a criação de um grupo de elite de empresários, políticos e sua comitiva intelectual que costumava se reunir em Davos, na Suíça, em janeiro de cada ano. Criado em 1971, o Fórum Econômico Mundial tornou-se um evento megaglobal desde então. Mais de três mil líderes de todo o mundo participaram da reunião em 2020.
Sob a orientação do WEF, a agenda do Grande Reinício diz que a conclusão da atual transformação industrial requer uma revisão completa da economia, da política e da sociedade. Uma transformação tão abrangente requer a alteração do comportamento humano e, portanto, o “transumanismo” faz parte do programa.
O Grande Reinício será o tema da 51ª reunião do Fórum Econômico Mundial em Davos, em 2021. Sua agenda é o compromisso de levar a economia mundial para “um futuro mais justo, sustentável e resiliente”. O programa exige um “novo contrato social” centrado na igualdade racial, na justiça social e na proteção da natureza. A mudança climática exige que “descarbonizemos a economia” e harmonizemos o pensamento e o comportamento humano “em harmonia com a natureza”. O objetivo é construir “economias mais iguais, inclusivas e sustentáveis”. Essa nova ordem mundial deve ser implementada “urgentemente”, afirmam os promotores do WEF, e apontam que a pandemia “revelou a insustentabilidade do nosso sistema”, que carece de “coesão social”.
O grande projeto de reinício do WEF é a engenharia social no mais alto nível. Os defensores do reinício argumentam que a ONU fracassou em estabelecer ordem no mundo e não pôde avançar com força sua agenda de desenvolvimento sustentável – conhecida como Agenda 2030 – por causa de sua maneira burocrática, lenta e contraditória de trabalho. Por outro lado, as ações do comitê organizacional do Fórum Econômico Mundial são rápidas e inteligentes. Quando um consenso é formado, ele pode ser implementado pela elite global em todo o mundo.
Engenharia social
A ideologia do Fórum Econômico Mundial não é de esquerda nem de direita, nem progressista ou conservadora; também não é fascista ou comunista, mas tecnocrática. Como tal, inclui muitos elementos de ideologias coletivistas anteriores.
Nas últimas décadas, emergiu um consenso nas reuniões anuais de Davos de que o mundo precisa de uma revolução e que as reformas levaram muito tempo. Os membros do WEF prevêem uma profunda revolta a curto prazo. O intervalo de tempo deve ser tão breve que a maioria das pessoas dificilmente perceberá que está acontecendo uma revolução. A mudança deve ser tão rápida e dramática que aqueles que reconhecem que uma revolução está acontecendo não têm tempo para se mobilizar contra ela.
A ideia básica do Grande Reinício é o mesmo princípio que guiou as transformações radicais das revoluções francesa e russa e chinesa. É a ideia do racionalismo construtivista incorporado no estado. Mas projetos como o Grande Reinício deixam sem resposta a questão de quem governa o estado. O próprio estado não governa. É um instrumento de poder. Não é o estado abstrato que decide, mas os líderes de partidos políticos específicos e de certos grupos sociais.
Os regimes totalitários anteriores precisavam de execuções em massa e campos de concentração para manter seu poder. Agora, com a ajuda de novas tecnologias, acredita-se, os dissidentes podem ser facilmente identificados e marginalizados. Os não-conformistas serão silenciados por desqualificar opiniões divergentes como moralmente desprezíveis.
As quarentenas de 2020 possivelmente oferecem uma prévia de como esse sistema funciona. A quarentena funcionou como se tivesse sido orquestrada – e talvez tenha sido. Como se seguissem um único comando, os líderes de grandes e pequenas nações – e de diferentes estágios de desenvolvimento econômico – implementaram medidas quase idênticas. Muitos governos não apenas agiram em uníssono, como também aplicaram essas medidas com pouca consideração pelas terríveis consequências de uma quarentena global.
Meses de parada econômica destruíram a base econômica de milhões de famílias. Juntamente com o distanciamento social, a quarentena produziu uma massa de pessoas incapazes de cuidar de si mesmas. Primeiro, os governos destruíram os meios de subsistência, depois os políticos apareceram como salvadores. A demanda por assistência social não está mais limitada a grupos específicos, mas tornou-se em uma necessidade das massas.
A guerra já foi a saúde do estado. Agora é medo da doença. O que temos pela frente não é o aparente aconchego de um estado de bem-estar social benevolente e abrangente, com uma renda mínima garantida e assistência médica e educação para todos. A quarentena e suas consequências trouxeram uma antecipação do que está por vir: um estado permanente de medo, controle comportamental rigoroso, perda maciça de empregos e crescente dependência do Estado.
Com as medidas tomadas após a pandemia de coronavírus, foi dado um grande passo para redefinir a economia global. Sem resistência popular, o fim da pandemia não significará o fim da quarentena e do distanciamento social. No momento, no entanto, os oponentes da nova ordem mundial de tirania digital ainda têm acesso à mídia e plataformas para discordar. No entanto, o tempo está se esgotando. Os perpetradores da nova ordem mundial cheiram a sangue. Declarar uma pandemia do coronavírus foi útil para promover a agenda de seu Grande Reinício. Somente a oposição maciça pode desacelerar e finalmente parar a extensão do poder da tecnocracia tirânica que está em ascensão.
https://rothbardbrasil.com/da-quarentena-ao-grande-reinicio/
submitted by Mr_Libertarian to Libertarianismo [link] [comments]

[2005] Domenico Losurdo - Marx, a tradição liberal e a construção histórica do conceito universal de homem

Artigo: http://www4.pucsp.bneils/downloads/v13_14_losurdo.pdf
submitted by AntonioMachado to investigate_this [link] [comments]

Conselho para negociar uma dívida

Bom dia /brasil, tudo bem com vcs?
Estou com um problema financeiro bem fudido (no meu ponto de vista) e gostaria de uma orientação de quem entende ou já passou por situação parecida para tentar resolver.
De maneira bem direta, senão isso vira uma bíblia, nos próximos dois meses eu terei dívidas/gastos de aproximadamente 1500 reais (quase 1000 serão no mês que vem) e minha entrada de dinheiro "garantida" será de 600 (300 em cada mês). Os motivos para a dívida são irrelevantes (nada obscuro, só não quero falar pra n correr risco de ser identificado). Essa dívida estará toda no cartão de crédito.
Queria saber como vocês sugerem de eu tentar negociar isso com o banco pra não ficar com o nome sujo. Estou em época de tentar estágio no curso e tenho medo de afetar de alguma maneira. Minha conta do BB é universitária, então não sei se consigo empréstimo.
A entrada de dinheiro de 300 reais é praticamente garantida durante o ano, pois é o dinheiro q recebo de casa. A renda fixa pode aumentar se eu conseguir estágio, bolsa na universidade (mais 300 reais) ou se uns tios meus se disporem a ajudar (os motivos talvez levariam a ajudar, mas eu não quero ter que recorrer a eles).
É isso. Se precisar de alguma informação relevante pra situação, é só perguntar. Tentei ser o mais suscinto possível. Desde já, agradeço.
submitted by SubstanciasToxicas to brasil [link] [comments]

Quais profissões estão em alta daqui a 5 anos?

Quais profissões estão em alta daqui a 5 anos?

https://preview.redd.it/7jtpasfkcjz41.png?width=1163&format=png&auto=webp&s=18c2d057d85ed6c5d9442dfc05b72afb4a8ce218
Se você está se preparando para o mercado de trabalho, com certeza precisa saber quais profissões estão em alta daqui a 5 anos. Digo isso, pois, com as altas e baixas nas mais diversas áreas, fica difícil escolher uma área para se especializar ou um curso superior, não é mesmo?
Então veja ao longo desse conteúdo quais são as melhores opções para você investir hoje e, certamente, ter mercado garantido daqui cinco anos, vamos lá!

Especialistas em Big Data


https://preview.redd.it/je40uybmcjz41.png?width=1163&format=png&auto=webp&s=2818317d2fdce780ecfc5517465cbe8115a95671
Se especialistas em Big Data são profissionais essenciais nos dias de hoje, saiba que, em cinco anos, esses profissionais serão ainda mais necessários.
Digo isso, pois, é através do cientista de dados (Nome denominado para profissionais que trabalham com Big Data), que as empresas conseguem processar e, é claro, utilizar, o enorme volume de informações despejados todos os dias na internet.
Caso você não saiba, diariamente, são produzidos cerca de 2500 petabytes, isso é, nada menos, que 2,5 quintilhão de bytes por dia.
Se ainda não se impressionou, saiba que 1 quintilhão de dados é equivalente a: 220 bilhões de músicas ou 153 milhões de filmes.
Se você gostou da ideia de analisar grandes fluxos de dados e ajudar empresas a tirarem o melhor proveito das informações, veja abaixo quais são os pré-requisitos para que você consiga atuar na área:

Conhecimento em áreas exatas e tecnológicas

Aqui podemos citar estatísticas, computação e matemática.

Quanto ganha um especialista em big data?

O salário atual desse profissional possui uma grande variação, de: R$ 2 mil reais podendo chegar a R$ 30 mil reais.
O salário acima com certeza sofrerá alguns reajustes e, em cinco anos, será ainda mais atrativo. Se você estava em dúvida de quais as profissões em alta para 2020, esta é uma delas; tanto para 2020 como daqui há cinco anos.

Engenheiro com foco em Agronegócios

Com certeza os setores de agronegócios estarão em alta daqui cinco anos e, dentre as profissões dessa área, se destaca o engenheiro com foco em agronegócios.
Esse profissional é essencial, pois, é através dele que é possível obter os melhores resultados de produção. Para se ter uma ideia, o engenheiro de agronegócios é responsável por:
  • Gestão e análise do solo
  • Controle de pragas
  • Encontrar a melhor solução de adubagem e irrigação
  • Planejamento do plantio
  • Reprodução/alimentação/abate de animais
  • Encontrar soluções ambientais
O salário desse profissional pode variar de acordo com as atribuições e cargo que o mesmo desempenhar no setor agrícola, mas podemos dizer, com certeza, que a média salarial é de R$ 5 mil reais.
Esta é sem dúvida mais uma das profissões em alta 2020 e que continuará em alta para os próximos 5 anos.

Área de TI

Podemos afirmar que a área de TI e todas as suas subdivisões estarão em alta daqui cinco anos, pois, o mundo caminha, cada vez mais, para tecnologia da informação.
Abaixo segue algumas subdivisões da área de TI:

Infraestrutura

Aqui podemos citar analistas de suporte técnico e, é claro, os administradores de redes.

Software

Na área de software temos os programadores e desenvolvedores.

Banco de dados

Aqui estão os especialistas e administradores de banco de dados
Claro que a área de TI possui ainda mais subdivisões, mas, listamos aqui as que, certamente, serão muito buscadas daqui cinco anos.
Devido a falta de um teto salarial nas áreas de TI, não é possível estipular um valor salarial médio, podemos apenas dizer que esse profissional já está em falta no Brasil e, por esse motivo, os salários estão crescendo cada vez mais.

Gestor de Resíduos

Diferentemente da terceira revolução industrial, quando o foco era a evolução e não o meio ambiente, hoje o mundo olha, primeiro, para o meio ambiente e depois para a indústria, o que levou as empresas a adotarem medidas seguras de operação.
Por esse motivo o gestor de resíduos é o profissional ideal para atender tanto, a demanda pública, quanto privada, buscando soluções que não agridam o meio ambiente. Logo abaixo é possível observar um pouco do que esse profissional faz e o que ele representa para a sociedade em geral:
  • Criar estratégias seguras para destinação de rejeitos residenciais e industriais
  • Criar projetos que possibilitem a transformação do lixo em algo útil
  • Criar medias e planos de ação voltados a redução do descarte incorreto
  • Incentivar a utilização de materiais recicláveis
Se você quer ajudar o meio ambiente, então essa é a carreira ideal para você daqui cinco anos. Lembre-se que os cursos superiores desejados são: Ecologia, Ciência ambiental, geologia, engenharia civil, etc.

Profissionais da área da saúde


https://preview.redd.it/32w277dpcjz41.png?width=1163&format=png&auto=webp&s=26ca52f04b1a73aa122afbd75b06f850351321d1
A pandemia mostrou, sem dúvida, que a área da saúde é defasado e carece de profissionais em todos os setores, desde o técnico em enfermagem até os cirurgiões, clínicos, especialistas, etc.
Portanto, se você deseja uma vaga garantida no futuro, opte por se especializar em algum curso voltado a saúde, como por exemplo:
  • Enfermagem
  • Medicina
  • Técnico em enfermagem
Claro que a faixa salarial irá depender, exclusivamente, da sua formação e, também, a instituição que você irá trabalhar, portanto, escolha com sabedoria.

Desenvolvedor de Software

Investir em cursos superiores na área de desenvolvimento de software é, sem dúvida, uma maneira de garantir um emprego daqui a cinco anos.
Vale ressaltar que, apesar da grande procura por profissionais que possuem curso superior em alguma área da computação, alguns cursos técnicos também podem abrir as portas para entrar para o mundo do desenvolvimento de software e, com o tempo, continuar se qualificando para o mercado de trabalho.
Abaixo segue o salário de desenvolvedor de software:

Quanto ganha um desenvolvedor de software?

Um desenvolvedor de software ganha, em média, R$ 6 mil reais, podendo chegar a R$ 8 mil reais.
Ressalta-se que o salário estipulado acima é o atual, em cinco anos o mesmo estará reajustado e, sem dúvida, será ainda maior.

Empreendedor digital

O empreendedorismo digital nunca para. Pessoas em todo o mundo já ganham muito dinheiro hoje com esse tipo de atividade que consiste, nada menos, que abrir um negócio totalmente online.
Veja abaixo algumas maneiras de ganhar dinheiro na área do empreendedorismo digital:
  • Vender produtos digitais
  • Prestar serviços terceirizados
  • Trabalhar com criação e desenvolvimento
Essas são apenas algumas dicas, saiba que ainda há outros nichos de mercados que, sem dúvida serão muito lucrativos e, como o mundo caminha para uma era digital, sem dúvida em cinco anos isso irá dar muito dinheiro.

Perito de Assinatura

Outra que faz parte do time das profissões em alta não só para 2020 mas como para os próximos 5 ou 10 anos é de perito de assinatura ou perito grafotécnico. É este o profissional capaz de identificar se uma escrita foi feita por determinada pessoa ou não.
A perícia grafotécnica, que é o trabalho que este profissional executa para poder afirmar com certeza sobre a origem de uma escrita é feita baseada nos elementos genéticos e genéricos que uma pessoa deixa ao fazer a escrita.
A perícia grafotécnica não analisa a forma da escrita como pensam os falsificadores, ela analisa estes elementos que são únicos para cada indivíduo.
O perito grafotécnico é também conhecido como perito de assinatura por ser esta a principal aplicação da técnica: a de identificar se uma assinatura foi feita por uma determinada pessoa ou não.
A profissão está em alta devido a diversos fatores, sendo os principais:
📷excelentes ganhos
📷falta de profissionais
📷possibilidade de exercer a atividade nas horas vagas
📷possibilidade de ter outra atividade em paralelo
📷facilidade para se formar
📷rapidez para se formar
📷baixo investimento para se formar: curso muito barato
Vamos agora explicar melhor cada uma destas vantagens.

Excelentes Ganhos

Este sem dúvida é o principal atrativo desta profissão em alta e certamente o que mais causa curiosidade nas pessoas que ouvem dizer que esta profissão é uma das profissões em alta de 2020. Mas afinal, quanto ganha um perito grafotécnico ?
Antes de mais nada é preciso esclarecer que este profissional não ganha salário, ou seja, não trabalha de acordo com as convenções da CLT.
O perito grafotécnico é um profissional autônomo e seu ganho é por cada perícia grafotécnica que faz.
Apesar de não ter salário fixo, seus ganhos são bem atrativos! Em média em uma perícia em assinatura simples este profissional ganha R$ 2.500,00; se a assinatura for mais complexa este ganho pode chegar a R$ 7.500 por assinatura. Faça as contas e veja quanto dinheiro ganha o perito grafotécnico.
Se ele fizer 2 perícias por semana das mais simplesinhas ele ganha R$ 5.000,00 por semana ou R$ 20.000,00 por mês. E olha que esta é uma meta bem baixa de perícias por semana.
Se o perito dedicar mais tempo à profissão e dobrar esta quantidade semanal de perícias, seus ganhos chegam a R$ 40.000,00 por mês!
Sem dúvida os ganhos de um perito grafotécnico é de fazer inveja!
Continue lendo e veja as outras atratividades da profissão

Falta de profissionais

Você já tinha ouvido falar da profissão de perito grafotécnico ? Se sim, parabéns, você faz parte de um time seleto de pessoas. Saiba que a grande maioria nunca ouviu falar da profissão.
A verdade é que ela não é regulamentada como é a de advogado, engenheiro, médico, etc e, por isso, é muito pouco divulgada.
Para se ter idéia, não existe faculdade de perícia grafotécnica.
Por ser pouco divulgada, poucas pessoas conhecem e, portanto, poucos profissionais existem atuando.
E, por ter poucos profissionais atuando, ela é uma das profissões em alta do momento e, certamente, será daqui há cinco anos.
Retrato disso são os milhares de processos parados há anos na justiça por falta de peritos na área.

Possibilidade de exercer a atividade nas horas vagas

O profissional em grafoscopia, por ser autônomo, não precisa cumprir horário e nem mesmo trabalhar em um local fixo.
Esta profissão pode ser exercida a partir de sua casa mesmo, nas horas vagas, de acordo com sua disponibilidade.
Isto é bom para você ? Então continue lendo que ficará surpreso com os outros benefícios deste profissão em alta.

Possibilidade de ter outra atividade em paralelo

Este é mais um dos benefícios da profissão; como não precisa ir a um determinado local para trabalhar e por não ter que cumprir horário, a profissão pode ser exercida em paralelo com sua atividade atual.
Você tem um emprego de carteira assinada ? Ótimo, então pode continuar trabalhando em seu emprego e atuar como perito grafotécnico nas horas livres.
Hoje em dia muitos buscam uma fonte de renda extra para completar o orçamento doméstico; alguns dão aula de inglês, outros fazem pães e doces, outros costuram, enfim, são muitas as formas que as pessoas conseguem um dinheirinho extra no final do mês.
Mas aposto que nenhuma delas dá rendimentos tão bons quanto a perícia grafotécnica! Apenas uma única perícia no mês é capaz de render muito mais do que um mês de trabalho nestas atividades extras.
Fica a dica!

Facilidade para se formar

Outra grande vantagem desta profissão é a facilidade de se formar em perito grafotécnico. Enquanto as outras profissões com salario alto exigem anos e anos de estudo em um faculdade e depois em uma especialização, a profissão de perito grafotécnico, que é uma profissão que dá excelentes rendimentos, exige apenas que você faça um curso de 22 horas/aulas.
Isso mesmo, você só precisa fazer um curso de 22 horas/aula para começar a ganhar muito dinheiro com esta profissão e, lembrando, que pode ser exercida nas horas vagas e em paralelo com sua atividade atual.
E mais, você só precisa assistir as aulas e assimilar o conhecimento; não é necessário fazer prova para obter o certificado e começar a atuar.

Rapidez para se formar

Como já falamos anteriormente você só precisa de 22 horas de aula para se formar na profissão. Sem dúvida esta é mais uma vantagem!
Estas 22 horas de aula você consegue fazer em 13 dias, aproximadamente!
Em qual outra profissão que te dê ganhos de R$ 20 mil mensais ou mais você consegue se formar em apenas 13 dias ?
Sinceramente, não existe!

Baixo investimento para se formar: curso muito barato

O investimento que você deve fazer para se tornar um perito de sucesso e ganhar muito dinheiro nesta profissão também é outra vantagem dela: é muito, muito baixo perto do retorno que ela proporciona e do valor necessário para se formar em outras profissões.
O investimento total que você precisa fazer com o curso de perito grafotécnico é muito baixo mesmo; ele é menor do que uma única mensalidade de uma faculdade. Se fizer a conta do quanto custa o curso todo de uma faculdade (lembrando que ela exige de 4 a 5 anos) o investimento no curso de perito é irrisório!
Ainda não está convencido de que a profissão de perito grafotécnico é uma das profissões em alta ?
Clique aqui para continuar lendo.
submitted by neropericias to u/neropericias [link] [comments]

Carta aberta de sanitaristas à Presidência da República

Carta aberta à Presidência da República


Rio de Janeiro, 16 de março de 2020.


Ilmo. Presidente,
Ilmos. Ministros de Estado,


Nós, pesquisadores da área de política, planejamento e gestão em saúde, vimos por meio desta, sustentar que o Governo Federal, em parceria com Estados e Municípios, Exército e Empresas, implemente para os próximos dois meses (abril e maio), um pacote de medidas emergenciais de âmbito econômico para conter a transmissão comunitária da COVID-19.

Considerando:
1.Que a Organização Mundial de Saúde caracterizou a COVID-19 como uma pandemia em 11 de março de 2020;
  1. Que a velocidade da transmissão deve ser reduzida para que os serviços de saúde disponíveis nos países consigam suportar os atendimentos às pessoas com sintomas graves da doença;
  2. Que o Brasil confirmou 98 casos, sem mortes, em 13 de março de 2020, e passou a divulgar orientações para reduzir o contágio da doença, incluindo questões relacionadas a aglomeração de pessoas, grandes eventos, pessoas que retornam de viagens internacionais, cumprimentar evitando apertos de mão e beijos, entre outras;
  3. Que o achatamento da curva de transmissão será mais efetivo quanto mais as pessoas sejam capazes de se manterem em casa durante o período de circulação da COVID-19.

Observando a realidade brasileira e as experiências internacionais em que o Estado vem oferecendo garantias ao conjunto da população, para que esta possa se manter em isolamento social, propomos um pacote emergencial (abril e maio de 2020) que envolva:

I. Incentivos fiscais (deduções ou outros) para empregadores, de modo a evitar demissões nem cortes nos salários de trabalhadores domésticos, de pequenas, médias e grandes empresas durante a incidência da pandemia no país;

II. Benefícios sociais para os brasileiros de baixa renda (incluindo pensionistas e demais beneficiários de previdência social, titulares do Bolsa Família, pessoas em situação de rua e de vulnerabilidade, moradores de bolsões de pobreza e de regiões afetadas por desastres recentes - último semestre), durante dois meses:

III. Assistência financeira direta em resposta ao coronavírus (no mínimo, dobrando o valor depositado mensalmente pelo Programa Bolsa Família, sem desconto posterior; repasse a instituições de abrigo voltadas a pessoas em situação de rua, que comprovem estar ativas a mais de um ano, considerando-se o número de leitos, no mesmo valor depositado aos titulares do Bolsa Família);
Isenção nas taxas de água e luz (com apoio de estados e municípios) e desconto de 50% nas contas telefônicas;
Fornecimento gratuito de itens de higiene como sabonetes e álcool gel;
Distribuição gratuita de alimentos, por meio de cesta básica, com itens de primeira necessidade e não perecíveis (no mínimo, arroz, feijão, macarrão, farinha de mandioca, farinha de trigo, fubá, óleo, sal, açúcar, café, leite, chocolate em pó, biscoito doce ou salgado);
Disponibilização das forças do exército para a distribuição gratuita de itens de higiene e alimentos acima referidos.

IV. Disponibilização de toda a capacidade instalada dos serviços de saúde do país, pública e privada, para tratamento dos casos graves da COVID-19. Utilização temporária pelo SUS da capacidade privada, com a criação de um estoque comum de leitos de CTI para pacientes graves e a compra pelo SUS de vagas ociosas de hospitais privados para internação de pacientes agravados pelo coronavírus.

V. Para os brasileiros que fazem uso de planos de saúde, que seja disponibilizado pelos mesmos não apenas os exames, mas também custeio de tratamento nos hospitais privados credenciados.

VI. Proteção aos profissionais de saúde e limpeza hospitalar envolvidos no atendimento a esses pacientes, por meio da disponibilização de uniformes e materiais adequados. Aos que apresentarem quadro de infecção pelo coronavírus, que seja garantida dispensa das atividades laborais, afastamento e tratamento adequados.

VII. Assistência especial para regiões e comunidades severamente afetadas, com a adaptação de hotéis e outros locais para atendimento aos pacientes agravados pelo coronavírus.

VIII. Com apoio de Estados e Municípios, contratação temporária de profissionais de saúde e de limpeza para atendimento, inclusive, em locais adaptados para funcionarem como hospitais durante a incidência da epidemia da COVID-19.

Acreditamos que essas medidas permitirão que o Governo brasileiro, bem como toda a sociedade - envolvida e motivada pelo exemplo oferecido pelo pacote, sejam exitosos na campanha de isolamento social para o achatamento da curva de crescimento do novo coronavírus, garantindo que os serviços de saúde operantes no país dêem conta de atender à demanda diante da pandemia.

Atenciosamente,

Ligia Bahia (da Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Mário Scheffer (da Universidade de São Paulo)
Ialê Falleiros (da Fundação Oswaldo Cruz)
submitted by bebahia to brasil [link] [comments]

Método desafio de 7 dias

Método desafio de 7 dias
É um Curso Online com um método único e exclusivo, para que você aprenda a gerar renda através da internet, usando somente seu celular e uma conexão com a internet, mesmo que você não tenha nenhum conhecimento com computador.
O desafio 7 dias vai ser como um Guia que vai te direcionar e te desafiar para que você possa ter a possibilidade de ganhar seus primeiros R$700,00 Reais em 7 dias, com ações Simples e Poderosas após aplicar com consistência todo o passo-a-passo do curso.
Durante o curso você terá acesso ao Portal do Aluno com conteúdo 100% prático e em vídeo aulas que você assiste onde e quando quiser.
Lembre-se, isso não é nenhuma promessa garantida de ganho fácil, os resultados podem variar de pessoa a pessoa, para atingir o objetivo e gerar resultados, você precisa estudar e aplicar tudo o que é ensinado no curso
Veja o vídeo no link.
Saiba mais clique aqui
https://preview.redd.it/suav1im5f6s41.jpg?width=300&format=pjpg&auto=webp&s=f4ecc5e009b26ace0da578d9e3e8b9d9799aab85
submitted by Antonio401 to u/Antonio401 [link] [comments]

Eu queria ter sido piloto

Peço perdão pelo tamanho, não esperava que fosse ficar tão grande.
Eu queria ter sido piloto...
Dois anos e meio atrás eu estava meio à deriva no mundo. Estava no segundo ano ensino médio e não sabia exatamente o que fazer da vida. Não me sentia pertencente a nenhum lugar, não tinha exatamente planos pro meu futuro, meu relacionamento com meus pais ia de mal a pior e ainda por cima me metia em brigas.
Eu estava irritado com o mundo, mas eu não podia socar o mundo (embora com certeza eu tenha tentado, ficado com marcas nas minhas mão até hoje para me lembrar de não fazer mais isso). Queria desaparecer, me desintegrar. Me mostraram uma prova que teria para à Academia da Força Aérea e eu pensei "Vou me tornar piloto e voar pra longe de tudo e todos".
Me empenhei como nunca, estudei como um condenado para a prova que viria um Junho, porém houve um problema: eu me apaixonei. Me apaixonei pela aviação. Isso não estava nos meus planos, não era pra isso ter acontecido, mas aconteceu. Eu entrei em contato com esse mundo e me encantei. Ser piloto, ser militar, fazer algo que eu sentia que me deixaria completo. Eu agora queria virar piloto, piloto de resgate ainda.
Me apaixonei também por uma garota, algo que também não estava nos planos. Eu já havia amado antes, mas isso era algo diferente. Era algo que eu não consigo explicar exatamente até. Pra ser sincero eu não sei nem exatamente explicar como que essa mulher entrou na minha vida, só sei que um dia ela estava lá eu eu não queria que ela fosse embora. Melhorei por conta dela. Larguei a raiva, as brigas, as frustrações. Tentei realmente me tornar um homem melhor por mim, pelos outros e, especialmente, por ela.
Por muito tempo as coisas na minha vida estavam boas. Realmente boas. No dia de fazer a prova da AFA, passei pra segunda fase (algo que eu honestamente não imaginei que fosse realmente acontecer). Comecei a treinar para os testes físicos que eu teria de fazer para provar que eu estava apto para me tornar um militar. Apto para me tornar um piloto. Meu relacionamento com a garota ia ficando cada vez melhor. Eu não acreditava que existiam pessoas feitas uma para as outras, mas comecei a acreditar. Comecei a acreditar nisso, logo eu que sou a pessoa mais cética que conheço.
No dia de fazer os exames físicos, fui reprovado por ter queimado a linha de largada de uma das provas. Serei sincero com você, reddit, doeu ter sido barrado naquele ponto, especialmente por uma coisa tão boba quanto pisar numa linha, mas foi uma dor momentânea. Eu agora sabia o que eu queria da minha vida. Eu queria ser piloto, queria continuar esse relacionamento com essa mulher que sabe-se lá como eu tive a sorte de ter na minha vida.
Virou o ano e comecei novamente a me preparar para a prova que teria em junho. Estava confiante e determinado. Foram seis meses de preparo duro, mas que valiam a pena. Eu enxergava na FAB e na mulher meu futuro. Chegando em junho eu fiz a prova novamente. Saí da sala de prova confiante que havia conseguido passar pra segunda fase. Passado cerca de um mês saiu o resultado. Fui reprovado.
Eu não atingi a nota mínima em matemática para passar para a segunda fase. Quando fui corrigir minha prova com o gabarito oficial, havia contado que havia tirado mais do que o necessário para passar. Até hoje suspeito que cometi um erro na hora de passar o gabarito. Posso estar errado, porém. Talvez eu tenha ido pra prova confiante demais sabendo de menos.
Fiquei desesperado, já que minha mãe havia me dado somente aquele ano para passar numa faculdade. Eu não consigo por a opção "Aviação" num vestibular. Não sabia para o que prestar. Mas não havia problema, já que a mulher que eu amava ainda estava comigo. Decidi, depois de muito pesquisar e conversar com amigos e meu pai, prestar engenharia mecatrônica. Era uma área que eu me interessava, mas, honestamente, não me imaginava trabalhando com ela. Decidi fazer isso, mas eu ia tentar a prova da AFA uma terceira vez no ano seguinte.
Chegando o final do ano, época de vestibulares, a ansiedade dos alunos está no seu máximo. Muitos sentem a pressão desse sistema injusto. Uma competição brutal, se me perguntar. Eu, tentando focar no meus objetivos, não fui afetado muito por ela, mas minha namorada foi. MUITO afetada. Sua ansiedade despertou de uma forma esmagadora. Ela se viu no conflito entre prestar o vestibular para a área que ela amava e prestar para a área que achava que deveria fazer, já que arte não tem renda tão garantida assim. Ela não queria mais sair de casa, ver seus amigos e a mim, fazer antes as coisas que amava. Ela foi definhando. A mulher que eu amava estava se afundando num buraco que sua própria mente cavava. Me doía ver aquilo. Eu tentava ajudar, mas a melhor ajuda que eu consegui fazer era manter minha distância.
Não muito tempo depois que isso começou, ela admitiu pra mim que não me enxergava mais como uma pessoa que lhe causava prazer, mas sim como uma responsabilidade. Ela se forçava a falar comigo para não me magoar, mesmo que a ansiedade dela fizesse com que ela quisesse se isolar de todos os seres do mundo. Ouvir aquilo me feriu de uma forma que nada até hoje chegou perto de fazer igual. Já levei muitos socos, chutes, cortes e diversos outros tipos de ferimentos, mas aquilo fez algo comigo que me fez questionar minha própria existência.
Eu estava falhando em proteger a pessoa que eu mais devia proteger nesse mundo. Estava fracassando na minha única missão que realmente importava, que era fazer ela feliz. Eu era um fardo pra ela, uma responsabilidade que só aumentava os seus sintomas.
Sabendo de tudo isso, fiz a última coisa que eu pensei que teria de fazer: terminei com ela. Cada célula do meu corpo dizia para eu não fazer isso, que íamos conseguir passar por esse momento delicado. Mas eu sabia que não íamos. Eu era uma das fontes da tristeza dela. Ignorando cada parte de mim que protestava, terminei com ela para o próprio bem dela. Ela tinha que melhorar a qualquer custo, mesmo que esse custo fosse o nosso relacionamento.
As coisas só pioraram então. No início do ano seguinte, 2019, fui diagnosticado com uma espécie de diabetes. Isso significava que mesmo que eu passasse na prova escrita da AFA eu seria reprovado nos exames médicos. Meu sonho de ser piloto se foi. O futuro que eu havia sonhado por um ano e meio se foi. A mulher que eu amava e as minhas asas. Talvez eu tenha sonhado demais. Talvez eu tenha sido Icarus e voado perto demais do sol e me queimado. Talvez eu podia ter evitado tudo isso se eu tivesse sido menos arrogante na hora de fazer a prova e se eu tivesse sido menos um fardo para a minha namorada.
Eu estava novamente perdido. O que que eu deveria fazer? O prazo imposto estava prestes a acabar. Tentei me recompor ao máximo e traçar um novo plano. Deixaria meu choro somente para as noites no meu quarto, porque de dia eu precisava trabalhar, pensar num novo rumo.
Passei pelo ENEM pra uma faculdade boa em outro estado para engenharia mecatrônica. Eu estava agora ficando com uma outra garota, porém nada tão intenso naquele momento quanto era com a minha ex. As coisas estavam tomando um rumo que havia potencial. Mas não era meu sonho.
Meses se passaram e cá estou, distante do estado de onde eu vim. Estou namorando essa nova garota faz um tempo já e as coisas estão indo muitíssimo bem. Eu estou gostando de fazer essa faculdade. Morar sozinho tem sido uma experiência fantástica. Fiz novos amigos e estou vivendo uma vida nova. Ainda assim eu ás vezes queria poder mandar uma mensagem pra ela e dizer "você ia amar o céu estrelado daqui", ou "eles rasparam meu cabelo no trote da faculdade!". Queria poder olhar para um avião no céu e não soltar um suspiro triste, pensando como a vista lá de cima deve ser bela.
Estou escrevendo isso, reddit, porque hoje descobri que ela está namorando um outro cara. Isso me abalou de início. Me senti injustiçado. " Por que que ele podia ficar com ela e eu não?" eu fiquei me perguntando por horas enquanto eu chorava em minha cama. Quando todo esse momento passou, eu pude refletir um pouco melhor. Estou feliz por ela, de verdade, até porque eu fui o quem seguiu em frente primeiro. Porém, o mais importante, isso mostra que ela está bem de novo. Bem o suficiente para confiar de novo em alguém da forma que ela confiava em mim. Isso é tudo que eu quero, que ela esteja bem. Devo admitir, porém, que, assim como eu invejo o piloto do avião, eu invejo esse novo cara. Tanto o piloto quanto ele tem uma vista muito bela diante deles.
submitted by B34r_w1th_m3 to desabafos [link] [comments]

A direita está manchando sua imagem e prejudicando suas chances futuras

A direita no Brasil me desaponta profundamente.
Quando eu vi o MBL pela primeira vez, pensei que eles poderiam renovar a política de alguma forma. Nunca imaginei que eles seriam salvadores da pátria que eliminariam os supersalários, mas imaginei uma mudança gradual para melhor.
Eis que, para obter apoio político, o MBL se alia ao Bolsonaro. E funcionou: Kim Kataguiri e Fernando Holiday são deputados federais. Só que o preço dessa vitória foi muito cara: ao apoiar incondicionalmente o Jair Bolsonaro, o MBL se alia a valores que eles não acreditam de fato pelo poder. Ou vocês engolem mesmo essa história que Kim Kataguiri e Fernando Holiday, homossexual supostamente não praticante, são incondicionalmente contra o aborto, ou apoiam as políticas evangélicas?
A vitória do MBL saiu cara: em vez de saírem na frente, com a imagem de uma direita nova, independente, que apóia um liberalismo mais progressista, viraram fantoches de Jair Bolsonaro, assumindo um risco perigoso: se o Bolsonaro cair, eles caem também.
O corte de 30% da educação era uma ótima oportunidade da direita se posicionar com identidade própria. A esquerda se elegeu no Brasil justamente plantando o medo de que a direita quer destruir "as conquistas do PT" na saúde e na educação. E em vez de manter o orçamento de saúde e educação intactos, o que o Bolsonaro faz? Corta justamente 30% do orçamento na educação, que representa só 3% do PIB! Em vez de tranquilizar o povo, ao apoiar Bolsonaro, a direita cai justamente na tática do medo.
Independente de haver cortes na educação, a verdade é que o PT sempre se posicionou midiaticamente a favor de mais escolas. E é essa a imagem que fica para o trabalhador comum: uma direita malvada, que quer destruir a saúde e a educação, e uma esquerda boazinha, que trouxe prosperidade ao país.
É tempo de mudar. Os outros partidos de direita precisam de identidade própria. Precisam dialogar não só com a classe média, mas com a classe baixa renda também. Precisam mostrar que o liberalismo não é só para quem mora em Miami, mas que ele melhora a vida do pequeno trabalhador, e que ele vai ter sua saúde e educação garantidas, com menos impostos. Se reinventar e pensar diferente é sempre o caminho mais difícil.
submitted by Megabyte_2 to brasilivre [link] [comments]

Quais as mudanças de paradigma que esta eleição nos mostrou?

1- Tempo de TV e dinheiro (seja de fundo partidário, seja de doações, seja de caixa 2) não são mais determinantes integrais dos resultados. Aquele político que "sumia" ou aprontava durante o mandato, depois voltava durante as eleições torrando dinheiro e usando tempo de TV pra ter eleição garantida, acabou.
2- Para algum político se tornar ou permanecer eleitoralmente competitivo , precisará estar nos holofotes todo o tempo, defender idéias populares (nada de kit gay, nada de soltar presos), mostrar algum serviço efetivo e evitar cometer erros graves demais (como corrupção);
3- Grandes veículos de comunicação não têm mais o poder de eleger ou impedir a eleição de alguém, como antigamente;
4- Ideologias descoladas da realidade prática e cotidiana do povo irão perder espaço;
5- A polarização política a partir de agora se dará basicamente entre 2 grupos: os que não dependem do estado para obter renda, e os que dependem. Tudo o mais girará em torno desses 2 pólos;

submitted by ssantorini to brasilivre [link] [comments]

Dúvida sobre as notas de corte do ProUni

Ae galera, hoje saiu a nota do Enem pra treineiros tipo eu. Minha média foi 640, e dai fui ver em que cursos eu poderia entrar através do ProUni com essa nota. Olhei no site querobolsa.com.br e o curso que eu quero (Engenharia elétrica), na Unisinos (que é a faculdade na qual quero estudar) tem nota de corte de apenas 650.14, o que me pareceu surpreendentemente baixo.
Essa informação está correta mesmo ou o site está errado? Se estiver certo, isso significa que se eu conseguir tirar, digamos, 660 no ENEM desse ano, eu vou conseguir uma bolsa garantida? É simples assim?
Ah, eu estou dentro dos requerimentos para participar do ProUni sim (Renda de até 1,5k por pessoa, escola pública, etc).
submitted by MegaGralha to brasil [link] [comments]

PEC 99/2011

Essa proposta de emenda à Constituição dá às entidades religiosas o poder de propor ações diretas de constitucionalidade e inconstitucionalidade junto ao STF.
É apenas uma jogada política, visa dar poder de barganha às lojas neopentecostais. O comércio da fé é moeda de troca garantida para acesso a votos de cabestro gratuitos.
Alguns trechos interessantes do parecer emitido pelo deputado Bonifácio de Andrada:
"Justificando sua iniciativa, o autor destaca o papel relevante dos cristãos evangélicos na consolidação do princípio da liberdade de culto no constitucionalismo brasileiro..."
..."O STF expressa um preconceito contra argumentos de ordem religiosa, dando preferência a argumentos científicos. "
"No caso brasileiro, a noção de religiosidade está profundamente impregnada no ordenamento constitucional..."
Sente, chore, mas faça frente. Ou amanhã teu imposto de renda vai ser chamado de dízimo.
Fonte
submitted by piperman_ to brasil [link] [comments]

Reforma da Previdência já foi garantida e você não viu: como a PEC do Teto selou o destino

Reforma da Previdência já foi garantida e você não viu: como a PEC do Teto selou o destino
by Helena Borges via The Intercept
URL: http://ift.tt/2tkwCIv
Um dos efeitos colaterais mais danosos da PEC do Teto, aprovada no ano passado, tem passado despercebido nos últimos meses: ela tornou a Reforma da Previdência obrigatória. Por ordem da emenda constitucional aprovada, o orçamento da Previdência (assim como de demais áreas) deverá ser “congelado” por vinte anos nos níveis de 2016, sendo corrigido apenas pela inflação. O problema é que a quantidade de idosos no país vai aumentar neste período, de acordo com dados do IBGE. Ou seja, para que orçamento da Previdência se encaixe no teto, será obrigatoriamente necessário limitar o valor investido em aposentadorias.

Manifestação em São Bernardo do Campo (SP) contra a Reforma da Previdência.
Foto: Roberto Parizotti
Segundo dados do IBGE, entre 2017 e 2037 a população com 60 anos ou mais vai praticamente dobrar, passando de estimados 25,9 mil pessoas para a ordem de 50 mil pessoas. Para manter o orçamento dentro do limite aprovado — ou seja, ajustado nos níveis de 2016 apenas pela inflação — ou o valor da aposentadoria terá de cair ou o número de beneficiários precisará ser duramente controlado, levando a parte mais rica da população a recorrer à previdência privada. Mais uma vez, os mais afetados serão os mais pobres, que dependem mais dos valores pagos pela Previdência Social. Uma vez aprovado o teto, agora a conta tem que fechar, obrigatoriamente. Não é à toa que o governo cogitou tomar medidas drásticas, como forçar a reforma por meio de Medidas Provisórias caso ela não seja aprovada em votação.
O que acontece se o teto não for respeitadoA emenda constitucional prevê sanções para as esferas de poder que ultrapassarem os limites de gastos. O órgão que desrespeitar seu teto (nesse caso, a Secretaria de Previdência) ficará impedido no ano seguinte de, por exemplo, contratar pessoal ou dar aumento aos seus funcionários, criar novas despesas ou, no caso do Executivo — do qual a Previdência faz parte — conceder incentivos fiscais. Em outras palavras, ou a pasta respeita o teto, ou entra em colapso. Acontece que o limite imposto é tão conservador que, no caso da Previdência, o colapso é inevitável em ambos os caminhos.
Aproveitando a mesma metáfora utilizada pelo ministro Henrique Meirelles e pelo presidente Michel Temer, segundo os quais a economia de um país pode ser vista como a de uma família — ignoremos momentaneamente o fato de que a comparação é falaciosa e errada, mas consideremos apenas pela licença poética —, é como se uma família se comprometesse a cortar os gastos pela metade, mas depois percebesse que assim vai faltar dinheiro até para o arroz com feijão. Só que, no caso da PEC, se a “família” não respeitar o limite, todos perdem seus empregos e os já parcos salários.
Não foi por falta de avisoTudo isso foi explicado para os parlamentares em diversas reuniões realizadas no próprio Congresso antes de as duas casas aprovarem a PEC, sempre com a presença de economistas e especialistas que registraram suas críticas ao novo regime fiscal.
Durante uma audiência na Comissão de Assuntos Econômicos, por exemplo, realizada em Brasília em novembro, a professora de economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Esther Dweck explicou aos parlamentares que, uma vez aprovada, a PEC do Teto exigiria “diversas outras reformas, das quais a revisão dos mínimos constitucionais de saúde e educação e a Reforma da Previdência são só o começo”. A economista foi direta e franca:
“Os únicos alvos da PEC são as despesas primárias, que, no Brasil, são justamente o principal elemento de distribuição de renda que a gente teve nos últimos tempos”.
“O senhor sabe o que é despesa primária?”Entre os outros especialistas que passaram pelo Congresso para explicar os efeitos danosos da PEC, a auditora fundadora do movimento “Auditoria Cidadã da Dívida” Maria Lúcia Fattorelli foi ao Senado para falar especificamente sobre como a PEC 241 impactaria na Previdência Social. Ela explicou que o limite conservador, contrastado com o crescimento previsto da população idosa, exigiria elevados cortes nos benefícios previdenciários.
Fatorelli conta que foi com sua equipe para a porta do plenário antes da votação da PEC para fazer uma simples pergunta a cada parlamentar que entrava: “O senhor sabe o que é despesa primária?”. A auditora ri amargamente do resultado: “Eles diziam que não sabiam! Eu sinto apenas não ter uma câmera na hora”.
Ato contra a Reforma da Previdência em São Paulo.
Foto: Roberto Parizotti / CUT
O principal problema de os parlamentares afirmarem não saber o que são despesas primárias é que a PEC do Teto trata especificamente delas. Despesa primária é como se chama a parte do orçamento público que trata da manutenção do Estado. É quanto dinheiro se gasta em serviços básicos prestados à população, como saúde, educação e, claro, aposentadoria. Sem entender o que são despesas primárias, os parlamentares não conseguiriam ler sequer a exposição de motivos da PEC do Teto, que as cita como foco principal da emenda constitucional:
“A raiz do problema fiscal do Governo Federal está no crescimento acelerado da despesa pública primária. No período 2008-2015, essa despesa cresceu 51% acima da inflação, enquanto a receita evoluiu apenas 14,5%. Torna-se, portanto, necessário estabilizar o crescimento da despesa primária, como instrumento para conter a expansão da dívida pública. Esse é o objetivo desta Proposta de Emenda à Constituição”.
Dentro das despesas primárias, a Previdência toma o maior percentual: 46%. A Emenda Constitucional do Teto manda “congelar” por 20 anos todas as despesas primárias, entre elas os gastos com Seguridade Social, que, segundo o Artigo 194 da Constituição, são relativos “à saúde, à previdência e à assistência social”.
Trecho da Emenda Constitucional 95, que determina o congelamento do orçamento da Seguridade Social por 20 anos.
Despesas primárias são pouco mais da metade do orçamentoO que a exposição de motivos da emenda não mencionou é que as despesas primárias são apenas parte do orçamento. Segundo o Relatório de Acompanhamento Fiscal do Senado, publicado em fevereiro, os gastos da União de 2016 totalizaram R$ 2,67 trilhões. Desses, R$1,32 trilhão foram utilizados com despesas primárias. Já os gastos com pagamento de juros e amortização da dívida pública foram de R$1,13 trilhão, o equivalente a 42% do Orçamento Geral da União. Esses gastos ficarão de fora do “congelamento” feito pela emenda constitucional. O mesmo relatório do Senado afirma que “a cada ponto percentual reduzido na Selic [a taxa de juros], a economia estimada para o Erário é de R$ 28 bilhões”.
Ou seja:
1_ O gasto com pagamento de juros e amortização é da mesma ordem de grandeza que a soma de todas as despesas feitas para manter os serviços prestados pelo Estado a seus cidadãos (saúde, educação, segurança, Previdência…);
2_ O gasto com juros poderia ser reduzido caso o Banco Central diminuísse a taxa Selic;
3_ O governo, no entanto, tem preferido cortar gastos primários (via Previdência) do que diminuir os juros que paga aos seus credores.
Por último, porém não menos importante: de fato, o governo vem diminuindo os juros a passos de formiga, baixando 3 pontos percentuais nos últimos 9 meses. Assim o Brasil deixou o posto de maior pagador de juros do mundo. Agora, tem uma taxa real de 4,30% ao ano e perde apenas para a Rússia, com 4,57%. No entanto, não por coincidência, após as delações da JBS o Banco Central avisou que o ritmo de redução será ainda menor daqui em diante.
The post Reforma da Previdência já foi garantida e você não viu: como a PEC do Teto selou o destino appeared first on The Intercept.
submitted by feedreddit to arableaks [link] [comments]

Moeda.com, imposto real. Autoridades financeiras da Alemanha pretendem taxar quem utiliza o bitcoin

Quem acha que transações virtuais deveriam estar isentas de qualquer interferência governamental deveria prestar mais atenção no que pretende o governo alemão. Os entusiastas alemães do “bitcoin”, moeda virtual, devem passar a pagar impostos sobre seus rendimentos. Ou pelo menos é o que querem as autoridades financeiras do país, ao declarar a moeda uma “unidade contábil”. Um bitcoin nada mais é do que uma fichinha virtual que pode ser trocada por bens ou serviços em sites que a aceitem.
Tão simples como gastar alguns reais na compra de pão com manteiga. A diferença fica no modo como ela é gerada e transferida. Uma transação feita com bitcoins é uma transferência direta entre duas pontas que não precisa passar por qualquer agente como um banco, mas cuja anonimidade é garantida pela passagem dela por vários computadores conectados à rede.
Isso quer dizer que o governo alemão em teoria, não teria como saber o valor exato dos bitcoins mantidos por qualquer contribuinte doméstico, porque não existe uma agência que contabilize quantos bitcoins estão na conta de um ou outro usuário. As autoridades esperam que todos os bitcoins mantidos por cidadãos alemães sejam contabilizados na declaração anual do Imposto de Renda e que sejam pagos impostos sobre quaisquer ganhos de capital obtidos pela compra ou venda de bitcoins ao longo do ano, como aconteceria com a compra e a venda de ações ou títulos financeiros.
A valorização dos bitcoins é o que torna a questão tão importante para as autoridades fiscais da Alemanha. Há cerca de um ano, 100 bitcoins valiam cerca de mil dólares. Um ano depois, o mesmo montante de bitcoins pode ser convertido por 26 mil dólares, o que para um contribuinte alemão geraria cerca de 7 mil dólares em impostos. Um preço salgado e, certamente, longe do que queriam seus criadores, que o vendiam como “alternativa online às moedas globais”, que seria tão revolucionária para a economia global quanto a internet para o fluxo das informações, “libertadas do meio impresso”.
Fonte CARTA CAPITAL TEXTO Felipe Marra Mendonça
submitted by allex2501 to BrasilBitcoin [link] [comments]

Conheça o Programa Renda Garantida Renda mínima garantida em fundo imobiliário Anuidades Indexadas: Renda Garantida! Blog Renda Garantida RENDA GARANTIDA E SEGURA!

Renda Garantida Online. ... Para, aposentados, estudantes e pessoas que não queiram ou não podem sair de suas casas e não podem trabalhar para fora. Será sua 2º fonte de RENDA. Oferta para todo o Brasil. Maiores informações envie um e-mail para: [email protected] ou atraves do site. ... Você investidor de fundos de investimento imobiliário, sabe o que é RMG – Renda Mínima Garantida?. Podemos começar dizendo que a maioria dos fundos imobiliários que se utilizaram da RMG (renda mínima garantida) estão compostos de ativos que não possuem renda suficiente para atrair os investidores.. Pela definição, a RMG é um rendimento mensal que o investidor recebe por um ... poderá desqualificá-lo para o r ecebimento de uma renda garantida condicio-nada a um teste de trabalho mais do que para o r ecebimento de uma renda. básica incondicional. Verba garantida para o programa Renda Cidadã do governo. O governo definiu nesta segunda-feira as fontes de financiamento do Renda Cidadã, programa de transferência de renda que substituirá o Bolsa Família, em reunião do Palácio da Alvorada comandada pelo presidente Jair Bolsonaro com a presença de ministros e líderes do Congresso Nacional, mas ainda discute pontos da segunda etapa da ... Renda mínima garantida ou renda mínima incondicional, é a distribuição de uma quantidade de dinheiro fixa, geralmente mensal, a uma população sem a exigência de algo em troca, é uma das formas de transferência de renda sendo testadas como intervenção social para o combate à pobreza. Veja o artigo da Wikipedia Basic income pilots e o relatório da GiveDirectly para mais ...

[index] [6172] [6396] [5280] [6637] [1085] [6092] [5194] [3724] [5095] [49]

Conheça o Programa Renda Garantida

Baladas Pop Romanticas para trabajar y concentrarse 2019 - Grandes Exitos Baladas Romanticas Exitos - Duration: 2:02:12. Colección De Musica 1,025,975 views 2:02:12 A renda mínima garantida, encontrada em alguns fundos imobiliários, não deve ser fator determinante para a escolha do investidor, garante o especialista Arthur Vieira de Moraes, professor do ... Uma excelente opção para proteger e crescer o dinheiro perdido no seu 401K e IRA. Rendimento indexado à bolsa de valores e sem risco de perda. Imóvel para locação nos Estados Unidos com renda garantida pelo governo através do benefício Section 8. ----- Watch more videos on my Channel! Life in Miami - Vlog about my Journey to build ... Visite nosso blog: http://rendagarantida.com.br Você acredita que é possível ter uma renda extra trabalhando em casa, ou até mesmo a renda que você precisa para ...

http://forex-portugal.forexsystem.pw